Blog 123

ROTEIRÃO: NATAL – RIO GRANDE DO NORTE

Roteirão - Natal - Rio Grande do Norte

Que o Nordeste brasileiro tem paisagens apaixonantes todo mundo já sabe. Mas a informação que muitas vezes fica faltando é que, em alguns destinos dessa região do país – como é o caso da belíssima Natal! – a viagem pode ficar tão barata quanto inesquecível.

A maior parte do sucesso da cidade se deve à sua beleza natural, traduzida em diversas praias, dunas e pontos turísticos que estão à altura da simpatia e hospitalidade do povo potiguar. Charmoso e aconchegante, Natal é um dos principais destinos brasileiros quando o assunto é o vislumbre daquilo que é bonito por simplesmente existir.

Tudo bem que a arquitetura, os bares, os restaurantes e os passeios na cidade são ideais para quem deseja conhecer tudo sobre as populações locais, ainda mais no caso da capital do Rio Grande do Norte, que participou quase que ativamente da Segunda Guerra Mundial ao servir de base, em 1942, para o abastecimento de aviões americanos, no lugar que hoje fica o Aeroporto Internacional Augusto Severo…

… mas, para além do valor de suas curiosidades históricas, é inegável que o grande chamariz das viagens para Natal são suas praias, dunas e atrações turísticas, que atraem turistas do mundo inteiro, embora ainda sejam novidade para a maioria dos brasileiros.

No Roteirão sobre Natal que separamos para você hoje, queremos te mostrar alguns dos motivos pelos quais acreditamos que você pode e deve dar uma chance a essa cidade no seu próximo planejamento de viagem.

 

Roteirão - Natal - Rio Grande do Norte

 

Principais pontos trísticos de Natal

Talvez você já tenha ouvido falar muito sobre as praias do Rio Grande do Norte (alô, Pipa!), mas pouco sobre as praias de Natal, especificamente. O que é uma pena, uma vez que elas podem ser consideradas algumas das mais lindas de todo o litoral nordestino.

Aqui, vamos dar uma passada pelas principais praias para que você possa escolher melhor seus passeios:

#1 Ponta Negra: o principal reduto natural a chamar muito a atenção é a Praia de Ponta Negra, que faz sucesso tanto por suas paisagens diurnas quanto pela agitada vida noturna que promove a turistas e locais.

#2 morro do Careca: além dela, outro nome bastante citado é o Morro do Careca, uma duna com pouco mais de 100m de altura que fica localizada, exatamente, no sul da praia de Ponta Negra.

Lá de cima o turista tem uma vista incrível, perfeita para fotos, e lá embaixo a praia é azul turquesa, emoldurando ainda mais a paisagem que já era linda.

#3 Praia da Areia Preta: localizada em um bairro de fácil acesso e que carrega o mesmo nome, o ponto paradisíaco é marcado pela tranquilidade e transparência de suas águas, aliada a uma areia de textura fina e cor branca. Por tanta mansidão, é um lugar acolhedor para viagens tranquilas entre família.

#4 Praia do Forte: é um verdadeiros cartões postais! Quando você escolher, dentre os destinos nacionais a se visitar, a capital do RN, não se esqueça de dar uma passadinha pela Praia do Forte cujas características se assemelham muito a essa belezura citada acima: Praia da Areia Preta.

Outros pontos turísticos imperdíveis de Natal são…

#1 Parque das Dunas: apesar de ser uma cidade litorânea, a capital está a 33 metros acima do nível do mar, justamente por sua densidade de dunas de areia. O local também conhecido como Bosque dos Namorados é considerado um dos primeiros redutos de preservação do estado do Rio Grande do Norte.

Com muitos apelos naturais e a diversão dos passeios de buggy, o Parque das Dunas só perde, em tamanho, para o Parque Nacional da Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Dentre todas as boas surpresas que o destino nos proporciona, o Parque das Dunas deixa apaixonado o turista que curte mesmo a natureza, e se encanta com trilhas, passeios em bosques e visitas a centros de pesquisa de preservação ambiental.

#2 Fortaleza dos Reis Magos: é indiscutível que o projeto arquitetônico de Natal carrega forte valor turístico, realidade que se faz visível na Fortaleza dos Reis Magos, um forte desativado em 1934 e que, com formato de estrela, remete à batalhas travadas nos séculos anteriores por portugueses, holandeses e franceses.

Hoje, o complexo é tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico Nacional), e está aberto à visitação pública através de guias.

Não podemos deixar de citar outros pontos com apelos artísticos muito fortes e que devem entrar no seu cronograma de curtição pela cidade, principalmente se você pretende ficar um tempo maior pela cidade:

#3 Teatro Alberto Maranhão, edifício centenário com estilo arquitetônico em art nouveau;

#4 Centro de Turismo de Natal, polo de artesanato da capital potiguar;

#5 Ponte Newton Navarro – que, pela altura e imponência, lembra as pontes das maiores metrópoles do mundo;

#6 Memorial Câmara Cascudo, erguido em homenagem a um dos maiores historiadores e folcloristas do estado e do país;

#7 Catedral Nova, dedicada a Nossa Senhora da Apresentação e fundada em 1988, para ficar em apenas alguns nomes.

 

Roteirão - Natal - Rio Grande do Norte

 

Onde se hospedar em Natal

Por ser uma cidade altamente turística, lugar para se hospedar é o que não falta em Natal, indo desde a hotéis cinco estrelas aos famosos albergues e hostels, passando por hotéis e pousadas com valores mais atrativos.

Uma grande vantagem da cidade é que é justamente na praia mais famosa, que é a Praia de Ponta Negra, que fica a melhor estrutura hoteleira da capital, com boas opções de hospedagem para todos os tipos de bolso. Além disso, lá também se encontram bares, restaurantes, baladas e lojas que vão fazer a viagem ficar ainda mais divertida e econômica, uma vez que a concentração de tantas opções em apenas um ponto diminui bastante o tempo e o custo de deslocamento para outras partes da cidade.

O custo-benefício de ficar hospedado nessa localização deve ser levado em conta pelo turista que quer se planejar com antecedência, principalmente porque Ponta Negra fica em um bairro nobre de Natal.

 

O que comer em Natal

No passeio a Natal, uma certeza você terá: a culinária experimentada será a melhor possível. Da comida de rua aos restaurantes cinco estrelas, existem opções para todos os bolsos e paladares. Sua riqueza é vista na atenção aos temperos e a escolha dos cortes, principalmente de peixes; afinal, estamos falando de uma cidade litorânea de água quente. Quem curte frutos do mar pode se dar muito bem nos passeios gastronômicos potiguares.

Durante a visita, aproveite para provar a releitura do Rio Grande do Norte para pratos típicos de outras regiões do nordeste, como a carne de sol in natura, a caranguejada, o feijão verde e o peixe frito no dendê. Dependendo da sua região do país, cuidado ao pedir “paçoca”: enquanto em alguns lugares esse é o nome do doce de amendoim, em Natal você vai receber um pratão de carne de sol desfiada com farinha.

Dois dos principais restaurantes da cidade ficam na praia de Ponta Negra (tá vendo o custo-benefício para se hospedar lá se mostrando presente mais uma vez?), e são o Restaurante Camarões e a Casa de Taipa, que tem muitas opções vegetarianas. Mas, como dissemos antes, em qualquer lugar da cidade você pode encontrar boas opções para comer e beber bem, fazendo jus a todas as etapas do seu passeio.

Outros restaurantes de comida tipicamente nordestina que os turistas costumam gostar muito – e que estão nas primeiras opções do site Trip Advisor – são:

#1 Nau Frutos do Mar

#2 Açaí do Joca

#3 Mango Restaurante

#4 Tapiocaria Tropical

#5 Farofa D’Água

 

Quanto custa visitar Natal?

Lembra que, lá no início, falamos que esse é um dos destinos brasileiros mais econômicos do nordeste? E é mesmo: com um bom planejamento, envolvendo pesquisas e definição de prioridades de viagem, você consegue viajar para Natal sozinho, com os amigos ou com a família sem comprometer, de forma geral, o orçamento doméstico.

Os motivos para isso são muitos, mas podemos começar pelo tamanho da cidade: ainda que seja uma capital, Natal tem pouco mais de 800 mil habitantes, que a torna aconchegante e menos disputada turisticamente do que outras metrópoles praianas brasileiras, como Salvador e Rio de Janeiro.

Outra boa notícia sobre Natal é que ela não tem uma alta temporada definida, em termos de clima, e pode ser visitada o ano todo sem comprometimento nos passeios. A vantagem é um clima mais ameno, se comparado a outras cidades do nordeste, com ventos constantes vindos do oceano, e o diferencial é a qualidade de vida: a cidade é considerada pela NASA (agência espacial norte-americana) a detentora do ar mais puro e renovável de toda a América do Sul.

Como sempre falamos por aqui, é o planejamento de roteiro que vai fazer com que o turista consiga buscar os melhores preços, incluindo as passagens aéreas, para visitar essa magnífica cidade.

Um exemplo: em dezembro, a capital potiguar recebe o Carnatal, o maior evento de micareta do Brasil, que ocorre, religiosamente, todos os anos. Então, se você estiver pensando em conhecer Natal nas férias de dezembro, vai precisar planejar a visita pelo menos a partir de setembro, para não cair nos preços de passagem e hospedagem que serão pontualmente aumentados nessa época do ano.

A dica é levantar todos os custos de viagem antes mesmo de sair procurando pelas passagens aéreas, principalmente se você tem datas mais flexíveis para tirar férias. No caso de Natal, sua planilha vai ter opções gratuitas de passeios, como as praias, e algumas pagas, como o passeio de buggy, que pode chegar a 300 reais.

Existe um site muito legal, chamado Quanto Custa Viajar, que calcula os preços de viagem para a cidade que você escolher baseado no custo médio de hospedagem, passagem e passeios do destino final. Fizemos uma simulação para Natal e o valor geral, sem filtros, indo de São Paulo à capital potiguar em fevereiro/2018 (ou seja, com quatro meses de antecedência), por 10 dias, é de aproximadamente 3 mil reais por pessoa.

Um bom preço para um destino nordestino, que pode ser bem mais caro do que viagens à Europa ou aos Estados Unidos…

 

Como ir pra Natal com a 123Milhas

Além de fazer o cálculo pelo site Quanto Custa Viajar, venha dar uma olhada nos trechos disponíveis para Natal com nosso sistema de compra de passagens por milhas aéreas. A chance de você conseguir um preço mais bacana para o ticket com a gente é maior do que através dos sites das próprias companhias aéreas ou das agências de viagens, justamente porque usamos as nossas próprias milhas para comprar a sua passagem.

Para utilizar nossos serviços, basta digitar nos campos da página principal a cidade de onde você vai sair, selecionar “Natal” como destino final, informar as datas de ida e volta da viagem, selecionar o número de passageiros e a classe que você pretende voar. É bom lembrar que, no voos domésticos do Brasil, todo mundo viaja na mesma classe aérea, que é a “econômica”.

Na 123Milhas você pode pagar com cartão de crédito e débito ou transferência bancária, tendo todos os benefícios e a comodidade de voar pelas companhias aéreas que transformam milhas e pontos em passagens.

E, se a gente não tiver os melhores preços para você, vamos te avisar na hora onde comprar a passagem mais barata para visitar Natal na data que você deseja. Assim, podemos te ajudar, de qualquer forma, a economizar sempre – e fazer a viagem dos sonhos do jeitinho que você merece.
Se quiser saber mais sobre Natal, contar suas experiências com a cidade ou precisar de ajuda na compra das suas passagens, fale com a gente!

Comentários


[fbcomments]