Blog 123

Feriado sem dinheiro? Veja 4 destinos baratinhos no Brasil

Cambará do Sul

O ano de 2017 está recheado de feriados prolongados e um deles cai bem no feriado de 1o de Maio, Dia do Trabalho, uma segunda-feira. O que todo trabalhador brasileiro sabe, no entanto, é que não está fácil pra ninguém: a grana anda curta e, para muitas pessoas, optar agora por um destino badalado está fora de cogitação.

No entanto, relaxar é preciso. E é uma dessas surpresas do destino o feriado do trabalhador ter caído justo em uma segunda-feira, para a alegria geral da nação. Não dá para deixar passar essa oportunidade de ouro… que tal, então, optar por uma cidade mais baratinha, aqui dentro do Brasil, algumas bem perto das grandes capitais, para celebrar esses momentos em que a vida está nos implorando a desacelerar?

Com as cidades que sugerimos abaixo o mês de maio vai começar muito bem para quem precisa esquecer o stress e se jogar, pelo menos um pouco, nos pequenos prazeres do mundo.

Curitiba (PR)

Curitiba é uma capital brasileira que já é muito legal nos dias úteis, mas fica bem bacana nos feriados. Isso porque boa parte de suas atrações mais gostosas podem ser visitadas de graça, como é o caso dos parques naturais, incluindo o Jardim Botânico. Há também a possibilidade de ver a cidade através da Torre Panorâmica, onde o ingresso custa apenas R$3,50. Além disso, a capital do Paraná conta também com hospedagem em conta na maioria de seus hotéis e pousadas.

jbctba-1

 

Maragogi (AL)

Praia é sempre uma boa pedida para quem está com o orçamento apertado: com um pouco de organização e lanche trazido de casa dá pra curtir o dia sem gastar muito. Maragogi é um desses lugares onde você relaxa tanto que o tempo passa sem que se dê conta. Repleto de belezas naturais, tem algumas das praias mais lindas de Alagoas, com águas cristalinas e faixas de corais. Destino perfeito para ir com as crianças, já que tem diversas piscinas naturais, ou a dois, para curtir um feriadinho romântico. Diferente de outros redutos praianos badalados, Maragogi oferece muitas opções de hospedagem que cabem no bolso.

Maragogi-AL-1

 

Cambará do Sul (RS)

Quem está sem dinheiro mas quer aproveitar o feriado para se reconectar com a natureza pode ir comprando logo as passagens para Cambará do Sul. A cidade gaúcha tem os maiores cânions do país e o Parque Nacional Aparados da Serra, ambas paisagens de tirar o fôlego. Os aventureiros de plantão vão gostar de saber que o cenário, se não é de filme, é de minissérie: foi em Cambará do Sul, onde você pode se hospedar por menos de 200 reais a diária, que foi filmada A Casa das Sete Mulheres.

11-copy-u8

 

Ilhabela (SP)

Outra praia que merece a atenção de quem pretende viajar em maio mas está sem dinheiro, Ilhabela reúne mais de 30 praias, cachoeiras, vida noturna agradável e pousadinhas de encantar qualquer um. Tudo bem acessível para quem quer um cenário afrodisíaco a preço de banana, como pede o figurino dos tempos mais apertados.

EBR-Ilhabela-Praia-Feiticeira

Dicas para Viajar gastando menos

A gente vê por aí um monte de gente falando que dá pra viajar sem gastar muito e a primeira coisa que vem à mente é que esse é um sonho impossível. Afinal, gastamos dinheiro sempre que saímos de casa, mesmo quando a gente não quer… como é que dá pra reduzir gastos em algo onde você tem que pagar todo e qualquer detalhe, como uma viagem?

Algumas pessoas te dirão que pegar carona e dormir de favor são duas formas de reduzir os custos, e isso é verdade. Mas, mesmo que seu espírito não seja tão aventureiro a ponto de entrar no carro de desconhecidos ou passar o feriado todo dormindo torto no sofá, o problema ainda tem solução. E essa solução atende pelo nome de planejamento.

Quando você começa a pensar no que fazer no próximo feriado com um mês ou mais de antecedência é possível que encontre preços interessantes para o que, geralmente, é mais caro: passagem e hospedagem. Isso acontece porque quanto mais perto da data você procura um serviço, mais urgente fica a sua necessidade de comprá-lo, o que acaba limitando seu poder de negociação.

No destino escolhido existem várias formas de fazer economia e ainda voltar pra casa com troco do orçamento que você separou só pra viajar. Se vai para a praia, por exemplo, é legal selecionar seus suprimentos em um supermercado local e evitar comprar nos quiosques, que podem ter um preço tão salgado quanto a água do mar, dependendo do paraíso escolhido. A mesma coisa vale para quem vai curtir a natureza: quanto mais longe você está da civilização, mais cara será qualquer coisa que você tentar comprar onde alguém faça comércio por ali. Prefira, sempre que der, levar os mantimentos de casa.

Nas grandes cidades o jeito é deixar os sonhos de consumo para outra hora e escolher aquilo que elas oferecem de graça: parques, atrações culturais, passeios ao ar livre… a grande vantagem da maior parte das capitais brasileiras é ter uma história riquíssima que pode ser contada por suas paisagens – e sem que o turista pague um centavo por isso. Na hora de se alimentar, em que opções não faltam, é preciso saber separar o restaurante caríssimo à la carte do PF delicioso que muita gente te recomendou, mas não tem toda a pompa e circunstância de uma viagem com orçamento mais tranquilo.

Escolher os pratos típicos de cada região, seja em barraquinhas ou em restaurantes, também costuma ser uma boa estratégia para gastar menos dinheiro com alimentação.

Por fim, se a viagem é pra relaxar, não adianta nada levar o cartão de crédito, gastar com o que você não precisa e voltar com uma culpa que vai durar as próximas cinco faturas a pagar.

Se você aproveitou um feriado prolongado para conhecer um lugar novo, às vezes dentro do seu próprio estado, não se sinta obrigado a trazer lembrancinhas para todos os parentes – muito menos tentar redecorar sua casa inteira nas lojinhas de artesanato que o destino oferece. Deixe o consumismo para uma próxima viagem, planejada para ser uma escapulida só para compras.

Quanto mais curta é a grana, mais a gente aproveita os dias com tudo o que é de graça e que pode te encher de alegria. Te garantimos: disso aí o Brasil está cheio. 

E para garantir que sua viagem saia ainda mais barata, não se esqueça de olhar os preços das passagens aéreas no nosso site primeiro!

Comentários


[fbcomments]