Blog 123

DICAS PARA ARRUMAR SUA MALA

Holiday suitcase

Se você vai viajar de avião e ainda não sabe se vai despachar a bagagem ou levá-la com você na cabine, o primeiro passo a ser dado é na direção da verdade: dependendo do destino e/ou dos itens a serem levados, é bem provável que você precise dessas duas opções juntas.

As companhias aéreas brasileiras (e algumas internacionais) cobram franquias por bagagens despachadas, como te contamos nesse texto aqui, mas isso não significa que tudo pode ser levado na sua bagagem de mão só para que você possa economizar no valor final da viagem. Pra começar, o peso da bagagem de mão não pode passar dos 10kg.

Além disso, algumas coisas só podem ser carregadas no bagageiro, como pranchas de surf e objetos cortantes (alicate, lixa de metal e, claro, armas), enquanto outras só podem ser levadas junto ao passageiro, como notebooks e outros eletrônicos.

Isso sem contar itens de bagagem que não podem ser transportados de jeito nenhum em aviões comerciais, como alguns tipos de drones e substâncias explosivas.

Mas vamos supor, aqui, que a mala da sua próxima viagem não terá nenhum desses itens… digamos… inusitados. Nesse caso, como saber o que vai onde para não ter imprevistos no aeroporto?

Fazendo as malas do jeito certo

Afinal, a companhia aérea não pode, simplesmente, supor que você é uma pessoa do bem carregando um canivete suíço ou uma tesourinha de unha na sua mala de mão: esses itens, por maior valor emocional ou financeiro que tenham, deverão ser deixados no lixo antes que você passe pelo raio-x.

Ou, no mínimo, você terá de voltar até a área de check-in e despachá-lo, mas muitas vezes nós não temos tempo hábil para isso.

Da mesma forma, carregar no bagageiro itens impróprios para esse local da viagem podem causar inúmeros contratempos, inclusive envolvendo a polícia! Melhor não, né?

Para fazer as malas do jeito certo anote as nossas dicas abaixo, que foram baseadas nas regras da aviação civil brasileira para transporte de carga em voos domésticos e internacionais.

Happy young woman in colorful summer outfit sitting on orange st

Na bagagem de mão

Tamanho: ideal para ser acomodada sem problemas debaixo do banco do passageiro ou no bagageiro superior.
Peso máximo: 10kg

O que devo levar?

Eletrônicos, como tablets, computadores e celulares, só podem ser carregados como bagagem de mão;
Dinheiro em espécie só pode viajar na bagagem de mão e, em voos internacionais, quantias acima dos 10 mil reais devem ser declaradas antecipadamente.

O que posso levar?

Remédios que devem ser ministrados durante o tempo de voo;
Itens para higiene infantil, como fraldas, lenços umedecidos, etc.;
Itens de alimentação infantil;
Guarda-chuvas ou bengalas não pontiagudos;
Máquina fotográfica;
Revistas e livros;
Muletas e aparelhos ortopédicos;
Instrumentos musicais que possam passar pelos detectores de metal nos postos de segurança;
Carrinho de bebê dobrável, bebê-conforto ou cestinhas infantis;
Mantas e cobertores (voos internacionais oferecem essa regalia);
Animais de estimação com ressalvas: cada companhia aérea tem suas regras para esse tipo de carga.

O que não posso levar de jeito nenhum?

Qualquer vasilhame com mais de 100ml de líquido (você pode levar, por exemplo, 200ml de líquidos em dois frascos diferentes de 100ml);
Armas ou réplicas de qualquer espécie;
Itens que possam ser considerados armas em potencial, como objetos pontiagudos ou cortantes, como alicate de unha;
Substâncias explosivas ou inflamáveis;
Substâncias químicas ou tóxicas que coloquem em risco a integridade dos passageiros (amônias e esmaltes, por exemplo, não podem ser levados e/ou abertos na bagagem de mão).

planejar-viagem

Na bagagem despachada

Tamanho: não tem um tamanho específico, podendo ser do tamanho de uma caixa ou de um baú.
Peso máximo: com as novas regras é possível ter mais flexibilidade nesse valor. Consulte sua companhia aérea para saber o peso máximo da bagagem despachada.

O que devo levar?

Todos os itens necessários à sua viagem que não possam ser levados na bagagem de mão, tais como os frascos de perfume com mais de 100ml, itens de manicure e pedicure, etc.;
Substâncias químicas declaradas antecipadamente para a viagem que não coloquem em risco a integridade do voo.

O que posso levar?

Tudo o que não cabe na cabine, como pranchas de surf, guitarras, pianos, baús, etc.;
Todas as suas roupas e acessórios;
Caixas de bebidas compradas antes da viagem;
Objetos cortantes como canivetes, lanças, etc.;
Objetos que podem ser considerados armas brancas, como tripés, molduras de madeira ou objetos em aço e estanho;
Animais de estimação (você deve consultar com a companhia aérea quais podem ser transportados no bagageiro).

O que não posso levar de jeito nenhum?

Substâncias inflamáveis;
Objetos de valor, como notebooks e dinheiro em espécie, sem a declaração prévia do que está sendo levado.

Perdi itens de valor! E agora?

Por mais que exista a responsabilidade da companhia aérea pelos itens transportados, muitas vão se ater à premissa de que você não deveria ter levado objetos de valor nas bagagens despachadas sem a devida declaração.

Afinal, não é só o roubo o problema: esses objetos, como os notebooks, podem se quebrar devido ao peso das malas ou a forma com que ela é manuseada pelos operadores de voo.

Mas, se você fez tudo certinho e, mesmo assim, perdeu coisas de valor, duas atitudes são importantes. A primeira é não sair da área das esteiras – onde você pega sua mala – sem que reporte oficialmente o ocorrido a um membro da companhia aérea.

Por isso, é importante abrir a mala ainda na área das esteiras para checar se está tudo correto.

A segunda é fazer um boletim de ocorrência no posto policial ou no posto da ANAC dentro do aeroporto. Assim, é mais fácil comprovar seu sinistro ainda nessa área do que se você sair do aeroporto e deixar a queixa para depois.

Mais dúvidas sobre como arrumar suas malas para a viagem de avião? Deixe nos comentários a sua pergunta!

Comentários


[fbcomments]