Blog 123

10 CIDADES IMPERDÍVEIS NA ÁFRICA DO SUL

Aerial view of Table mountain in Cape Town

O continente africano é cientificamente comprovado como o lugar onde a sociedade começou e, por isso, não há absolutamente nenhuma razão pela qual você não deveria conhecê-lo na primeira oportunidade que tiver.

Além desse registro histórico, a África também guarda inúmeras riquezas culturais e naturais, como as praias e as savanas que a gente só vê nos filmes. E a África do Sul, especialmente, é um país que tem de tudo um pouco: você pode fazer safáris ou passar a tarde em vinícolas, praias com a visita constante de baleias, cenários incríveis para esportes radicais…

… isso tudo, claro, sem nos esquecermos do peso histórico que o país tem para o continente, uma vez que nele Nelson Mandela começou a luta pelo apartheid e deu ao mundo um suspiro de esperança contra o racismo.

Veja as dez principais cidades da África do Sul para descobrir todas essas belezas – e muitas outras – que só em um continente tão maravilhoso o turista seria capaz de encontrar.

Onde ir na África do Sul

Não há uma ordem específica de visita nos lugares abaixo; mas, se você tiver a oportunidade, vá em todos!

Bloemfontain

Conhecida como “cidade das flores”, essa é sexta maior cidade da África do Sul e uma das três capitais (isso mesmo: três capitais) do país. Como o nome – que significa “fonte da flor” – diz, por lá é possível encontrar jardins maravilhosos e muito bem cuidados.

Durban

Esse é o destino dos sonhos para quem quer conhecer o melhor da vida noturna na África do Sul. Rodeada de boas baladas, bares e restaurantes, Durban é uma cidade que, emoldurada por suas praias, deixa um clima de sedução no ar.

Johanesburgo

Você pode conhecê-la pelo nome completo ou só pelo apelido, Jozi, mas o importante é conhecê-la.

Johanesburgo é a maior cidade da África do Sul e, desde a corrida pelo ouro, quando foi fundada, se tornou o principal centro financeiro e cultural do país, principalmente quando ligamos seu nome à indústria do entretenimento.

Sem praias, por lá você vai ter muitos museus, restaurantes e pontos turísticos históricos para visitar.

Kimberley

Riqueza é o sobrenome dessa cidade, que foi fundada sobre minas de diamante. Os principais pontos turísticos são, justamente, o Museu das Minas e o Big Hole, que nada mais é que o maior buraco do mundo feito a mão.

E precisa perguntar qual era o motivo? Mineração de diamantes, é claro…

Nelspruit

Se você quer ir à África do Sul para entrar em contato com a natureza selvagem, é exatamente aqui que você deve estar: em Nelspruit fica a entrada para o Parque Nacional Kruger, maior área de preservação de fauna do país, e para as reservas de caça.

Porto Elizabeth

Cercada por suas praias paradisíacas e com fama mundial de ser amigável e hospitaleira, essa cidade fala três línguas: o africânder, o inglês e o isi-xhosa. Como quinto maior centro urbano do país, é também um de seus principais portos.

Cidade do Cabo

Essa é a capital legislativa do país e a mais famosa de todo o território sul-africano, e não apenas por seu predicado político. Reconhecida por ter absolutamente tudo que uma pessoa precisa para viver – e ostentando o título de um dos lugares mais lindos do mundo – a Cidade do Cabo vai conquistar seu coração do início ao fim. A começar pelas praias, é claro.

Kapstadt, Bo Kaap

Pietermaritzburg

Capital da província de KwaZulu-Natal, PMB é conhecida pelo seu caráter histórico e paisagens pitorescas. É, também, casa de uma das maiores universidades de todo o país.

Apesar de não ser uma cidade muito grande, com população na casa dos 500 mil habitantes, ficou conhecida mundialmente como o lugar em que Mahatma Gandhi foi expulso de um trem após se recusar a ceder seu lugar, comprovado com passagem válida, para um homem europeu que queria embarcar no transporte – o que inspirou o líder a começar a luta contra a discriminação de indianos na África do Sul.

Pretória

É aqui a sede da maior parte das embaixadas internacionais presentes na África do Sul, e isso se dá por conta do peso histórico da cidade na construção do país. Em um passeio por lá você vai ver inúmeros monumentos, museus, teatros e clubes noturnos que traduzem essa riqueza cultural. Os esportes também são um espetáculo à parte, com diversas possibilidades de prática, desde os mais tradicionais aos radicais.

Polokwane

Juntar a natureza ao místico é um dos principais talentos dessa cidade, cuja tradução do nome significa “lugar de paz”. Polokwane é a porta de entrada para o Parque Transfronteiriço do Grande Limpopo, uma reserva nacional que junta o Parque Kruger, em Nelspruit, ao Parque Nacional do Limpopo, em Moçambique.

Prepare seu coração para muitas aventuras ecológicas e imersão em paisagens idilicamente naturais.

E você, tem outra cidade imperdível na África do Sul para nos indicar? Deixe sua sugestão nos comentários!

Comentários


[fbcomments]